POEMA - Almir de Carvalho Filho

ABRINDO A JANELA DO CORAÇÃO


Abro a janela e vejo o mundo
Pessoas que passam lá fora:
O homem carregando seu fardo
A mulher desolada e sem rumo
O menino que chora sem pão
Vejo a ausência de amor
Vejo a tristeza e a solidão
Vejo faltar o perdão
Vejo as guerras, as lutas - desagregação  
Fecho a janela
Abro o meu coração ao Pai Eterno
E a Ele peço por todos ( meninos, homens, mulheres)
Eu peço Amor, eu peço Paz, eu peço Luz.
Abro novamente a janela e vejo...DEUS!!!  


( In "O HOMEM EM HARMONIA COM O UNIVERSO", Almir de Carvalho Filho)




VISITE:
SITES PARA DIVULGAÇÃO DE TODOS OS SEUS NEGÓCIOS NA INTERNET ( GRÁTIS)
http://divulguefacil.net/?r=almir
http://www.1000000devisitas.com/?id=908




OUTROS:
http://www.rederemunerada.com/?user=14717


http://www.contatosremunerados.net/?user=16122


http://www.contatosremunerados.net/?user=16243

Postagens mais visitadas deste blog

COMO SE LIBERTAR DO PASSADO