POEMA

OCEANOGRAFIA
Luiz Otávio Oliani
voar gaivota

O poeta singra mares
com sede
e mãos secas.

Na anatomia das águas
navega em palavras..

Postagens mais visitadas deste blog

COMO SE LIBERTAR DO PASSADO